Ministro do Ensino Superior quer estratégia de crescimento no subsistema

Ministro do Ensino Superior, Adão do Nascimento (Foto: ANTÓNIO ESCRIVÃO)

O ministro do Ensino Superior, Adão do Nascimento, afirmou quinta-feira, no Lubango, que para um desenvolvimento qualitativo e quantitativo no país urge a necessidade de se montar uma visão estratégica de crescimento, partindo da definição correcta do ensino superior.

O governante falava à margem do tema “Ensino superior em Angola”, no quadro da conferência sobre financiamento do ensino superior, promovido pela Universidade Mandume Ya Ndemufayo, que decorre sob o “lema Diversificar as fontes de financiamento para fortalecer o ensino superior”.

Na ocasião, Adão do Nascimento disse que para se obter estes pressupostos a médio e curto prazo é preciso que se adoptem mecanismos que visam identificar e explorar as fontes de financiamento, reforçar a legislação, assim como promover a cultura académica.

O titular da pasta do Ensino Superior indicou ainda que os resultados que se pretendem não podem ser obtidos de forma imediata, para tal é preciso que os académicos e a população tenham noção do conceito correcto do que é o ensino superior e qual é a sua tarefa primordial.

Adão do Nascimento explicou que o ensino superior não é apenas ter-se uma estrutura física e um indivíduo com título de professor, mas sim tem a ver com a base e especialidade de cada instituição de ensino, por formas a que se obtenha a qualidade e quantidade desejada.

Para o académico, as fontes principais para se planificar todas as acções passam, em primeiro lugar, no planeamento que tem a ver com o Orçamento Geral do Estado e as melhores expectativas das populações (interesse público) e por último a qualidade, sendo esta fulcral para a educação do ensino superior.

Adão do Nascimento considerou que se tem notado no país alguma fragilidade do conceito correcto do ensino superior, factor que coloca algumas debilidades no subsistema, o que leva, às vezes, o ministério a rectificar estas falhas.

A conferência, que termina ainda hoje, está a abordar temas sobre a diversificação das fontes de financiamento de uma instituição de ensino superior, papel do sector empresarial público e privado no financiamento das instituições de ensino superior.

Fontes de financiamento de uma instituição de ensino superior, aspectos a ter em conta no financiamento de ensino superior, base legal para o financiamento do ensino superior, financiamento e gestão das instituições de ensino superiopr são de entre outros assuntos a abordarem no evento.

O evento é presidido pelo ministro do ensino superior, Adão nascimento, e participam nele docente e discentes universitários. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA