Ministro da Justiça e dos Direitos Humanos encerra formação Certificada em Mediação e Conciliação de Conflitos

Palácio da Justiça (Foto: Henri Celso)

O Centro de Resolução Extrajudicial de Litígios, do Ministério da Justiça e dos Direitos Humanos, encerra amanhã, 25 de Novembro, a formação certificada em mediação e conciliação de conflitos, que decorre desde o dia 24 de Outubro de 2016.

Com início previsto para às 9h e 30 minutos, o encerramento da formação será presidido pelo Ministro da Justiça e dos Direitos Humanos, Dr. Rui Jorge Carneiro Mangueira, a formação decorre nas instalações do Centro de Resolução Extrajudicial de Litígios (CREL).

Enquadrada no âmbito da modernização do sistema de Justiça, a formação foi dirigida aos profissionais do Direito (Magistrados, Advogados e Juristas), professores, sociólogos, psicólogos, e detentores de formações académicas adequadas ao desempenho da função de mediadores e conciliadores e demais interessados.

A formação teve o objectivo de dotar os candidatos de conhecimentos e habilidades que lhes permitam o exercício da mediação e conciliação de conflitos, com particular enfoque para a realidade social angolana;

Familiarizar os formandos sobre os princípios, técnicas e estratégias para a obtenção de soluções eficazes para as controvérsias e litígios sobre direitos disponíveis e Apresentar as vantagens da utilização da mediação e conciliação na prevenção e solução de conflitos emergentes das relações interpessoais.

Os meios de resolução extrajudicial de litígios, como mecanismos que visam realizar uma justiça acessível, célere e próxima, apresentam-se hoje como um poderoso auxiliar na administração da Justiça .

A formação, que teve a duração de quatro semanas, permitiu capacitar e certificar os técnicos que trabalham em mediação de conflitos, tal como uniformizar as praticas dos centros autorizados.

(nota de imprensa enviada à redacção do Portal de Angola com pedido de publicação)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA