Madeira e Cruz são candidatos

Paulo Madeira, presidente cessante da FAB. (Foto: Angop)

De hoje até 5 de Dezembro os candidatos interessados, em assumir a presidência de direcção da Federação Angolana de Basquetebol (FAB), podem entregar à Comissão Eleitoral as respectivas listas, desde que reúnam os requisitos exigidos pela lei e pelos estatutos da entidade.

No imediato, após entrevistas concedidas em momentos distintos ao Jornal dos Desportos e Rádio Cinco, canal desportivo da Rádio Nacional de Angola,  Paulo Madeira, presidente cessante da FAB, e Hélder Cruz, actual vice-presidente da mesa da Assembleia-Geral, são os únicos pretendentes que manifestaram publicamente a intenção de concorrerem ao cargo.  Sem mencionarem prazos para dar entrada da documentação a Comissão Eleitoral, presidida por Carlos Teixeira, antigo presidente da direcção da Federação Angolana de Atletismo (FAA), os dois concorrentes dispõem de tempo suficiente para reunirem toda a documentação exigida pelos estatutos.

Helder Cruz, empresário desportivo e candidato à presidência da FAB. (Foto: Portal de Angola)
Helder Cruz, empresário desportivo e candidato à presidência da FAB. (Foto: Portal de Angola)

A campanha eleitoral, cuja aprovação de datas aconteceu no passado sábado em Assembleia-Geral ordinária, decorre de 6 a 20 de Dezembro. O sufrágio está agendado para o dia 22 do referido mês. A divulgação dos resultados definitivos ficou marcada para o dia 29, enquanto que a 31 tomam posse os novos órgãos sociais, para gerir os destinos da modalidade da bola ao cesto no quadriénio 2016-2020. O presidente da Mesa da Assembleia-Geral da federação, Carlos Cunha, fez saber que constituem a população votante 27 filiados, dentre associações e clubes.
Estiveram na assembleia 12 clubes e quatro associações provinciais, designadamente, Interclube, Petro Atlético de Luanda, 1.º de Agosto, Heja Sport Clube da Huíla, Benfica do Lubango, ASA, Associação Escola Desportivo Formiguinhas do Cazenga, Sporting Petróleos do Bié, Desportivo da Marinha de Guerra Angolana, Progresso Sambizanga, Recreativo do Libolo, Clube Desportivo Universidade Lusíada e as Associações  Provinciais de Basquetebol de Luanda, Bié, Huila e Benguela. (jornaldeangola)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA