Luanda: Mergulhadores resgatam corpo de homem afogado na Ilha do Cabo

Projeto praias seguras (Arquivo) (Foto: Pedro do Parente)

O corpo de um homem que morreu afogado, na tarde de domingo, numa zona proibida para banhistas no Ponto Final, na Ilha do Cabo, no distrito da Ingombota, em Luanda, foi resgatado por mergulhadores do projecto Praias Seguras de Angola (PSA) afecto aos bombeiros.

A Angop soube do oficial de informação do comando provincial do Serviço Nacional de Protecção Civil e Bombeiros, Feliciano Paulo, que a vítima, cuja identidade não foi revelada, decidiu tomar banho na área sinalizada como sendo perigosa para banhistas e sem plantão de mergulhadores.

Na Ilha do cabo, a zona do Ponto Final é considera como perigosa, por isso existem no local placas de proibição para banhistas.

Entretanto no fim-de-semana, os bombeiros registaram, ainda, uma morte por electrocussão na comuna do Benfica, município de Belas, bem como oito incêndios originados por curto-circuito, fogo posto e Fuga de gás.

Os incêndios afectaram os sectores da habitação, energia e ambiente nos distrito da Samba, Kilamba-Kiaxi e Maianga, bem como os municípios de Belas, Cacuaco e Cazenga.

De acordo com o oficial, 12 cidadãos foram evacuados para unidades hospitalares públicas e privadas, vítimas de patologias diversas.

As evacuações ocorreram a partir de residências e na via públicas na Maianga, Kilamba-Kiaxi, Ingombota e Rangel, municípios de Viana, Cacuaco, Icolo e Bengo e Belas. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA