Igreja no Mississipi é queimada e pinchada com slogan de Trump

(Afp)

A polícia está investigando o incêndio em uma igreja frequentada pela comunidade negra no Mississippi como um potencial ataque e crime de ódio depois que o slogan do candidato republicano Donald Trump foi pinchado em seu exterior.

O prédio que foi queimado na noite de terça-feira era a histórica Igreja Baptista Missionária Hopewell, em Greenville, cidade de 35.000 habitantes.

“A igreja foi vandalizada com as palavras ‘Vote Trump’ na parte externa”, apontou o major Errick Simmons em colectiva de imprensa, descrevendo o incêndio como “um ato odioso e covarde”.

Os bombeiros disseram que a igreja centenária foi completamente tomada pelas chamas, e sofreu danos causados pelo calor, pela fumaça e pela água utilizada para apagar o fogo.

As autoridades locais e federais investigam a possibilidade de o incêndio se tratar de um crime de ódio.

“Isso é um ataque directo ao direito de liberdade de culto das pessoas”, acrescentou Simmons.

Kristen Clarke, presidente e directora executiva do Comité de Advogados para Direitos Civis sob a Lei, descreveu a igreja como “uma pedra angular desta comunidade de maioria negra localizada no coração do Delta do Mississipi”.

Ela também manifestou sua preocupação pelo fato de a igreja ter sido vandalizada tão perto das eleições de 8 de Novembro. (Afp)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA