Huíla: Província tem mais de 73 mil portadores de deficiência

Huíla: Portadores de deficiência (Foto: Morais Silva)

Os dados definitivos do censo de 2014 referentes a província da Huíla, apresentados oficialmente recentemente no Lubango, apontam que 73 mil e 258 habitantes são portadores de deficiência física, mental e sensorial, sendo que a maior parte reside em áreas rurais.

A informação consta de um documento do Instituto Nacional de Estatística (INE) na Huíla, a que a Angop teve acesso, que destaca que 38 mil e 985 são homens e 34 mil e 272 mulheres.

De acordo com os dados, 15,9% são pessoas com deficiência mental, 11,3% física de membros inferiores e superiores, 7,6% com cegueira, 4,9% surdos e 39,7% com outras patologias.

Da cifra de deficientes existentes na Huíla, segundo o documento, 22 mil e 937 são pessoas com deficiência congénita, 18 mil e 839 adquiridas em acidentes de trabalho, 17 mil e 420 de acidentes de viação e 14 mil e 193 deficientes de guerra.

Apontou ainda a existência de 12 mil e 847 cidadãos com deficiência provocada por acidente doméstico, 10 mil e 233 com minas, 12 mil 23 outros acidentes e 25 mil e 233 por patologias diversas.

Do número de cidadãos com deficiência, 32 mil recebem apoios do governo provincial e organizações não-governamentais que operam na província da Huíla.

A província da Huíla conta, actualmente com uma população estimada em dois milhões, 497 mil e 422 habitantes, sendo que um milhão, 310 mil e 833 é representado pelo género feminino. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA