Huíla: Mercado do Mutundo dispõe de mais de dois mil espaços livres

Huíla: Vendedoras do marcado do Mutundo (Foto: José Krithinas)

O mercado municipal do Mutundo, arredores da cidade do Lubango, província da Huíla, dispõe de duas mil e 149 bancadas livres para a venda de produtos alimentares e industriais diversos, de um total de 6.781 existentes, quatro mil e 632 dos quais ocupados.

A informação foi prestada hoje, à Angop, no Lubango, pela administradora-adjunta para a área social e económica do Lubango, Margarida Acácio, a margem de uma visita de constatação dos mercados formais e informais feita pelo governador, João Marcelino Tyipinge.

A responsável sublinhou que deste número, 255 exercem actividade de bens e serviços, 904 venda de roupa usada, 44 restauração e bar, 221 destacados nos contentores virados ao armazenamento de produtos diversos, bem como 31 armazéns, 11 peixarias, 97 cervejarias e 46 para eletrodomésticos.

Referiu que os vendedores que desenvolvem a referida actividade estão devidamente cadastrados pela administração local e têm cumprido com pagamentos mensais dos lugares que beneficiam.

“A Administração municipal do Lubango também já fez o cadastramento de todos vendedores que fazem os seus serviços em sete dos oito mercados formais controlados, com destaque o do Municipal, o da Lage e das comunas do Hoque e Huíla, a 45 e 35 quilómetros respectivamente”, disse.

Os vendedores dos mercados referenciados, continuou, através dos seus administradores, têm sido sensibilizados a não danificarem passeios e outros bens públicos infringindo as leis e normas que regulam a actividade comercial.

“E com base no trabalho que tem-se realizado para disciplinar a actividade de venda ambulante, há imperiosa necessidade de todas forças da sociedade, sobretudo, aos órgãos policiais para desencorajar os vendedores que insistem fazê-lo junto aos estabelecimentos comerciais, unidades hospitalares bancos bem como os que permanecem no mercado do João de Almeida”, referiu.

A administração municipal do Lubango tem controlado, 14 mil e 28 espaços disponíveis e destes, 8.883, estão ocupados e 5.145 desocupados aguardando vendedores que possam exercer diversas actividades nestes mercados.

Com uma superfície territorial de três mil e 140 quilómetros quadrados, o município do Lubango tem uma população estimada em 766 mil e 249 habitantes. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA