Huambo: Secretário de Estado inteira-se do andamento do registo eleitoral

Adão de Almeida - Secretário de Estado para Assuntos Institucionais (Foto: Lucas Neto)

O Secretário de Estado para o Assuntos Institucionais, Adão de Almeida, inteirou-se sábado, do andamento do processo de actualização e registo eleitoral na província do Huambo.

Para o efeito, o responsável deslocou-se à comuna do Alto-Hama, município do Londuimbali, 92 quilómetros do interior desta cidade, onde interagiu com os brigadistas sobre o decorrer do trabalho.

Ainda na comuna do Alto-Hama, Adão de Almeida manteve um encontro com as autoridades tradicionais, representantes de partidos políticos e de instituições religiosas, com os quais abordou o assunto.

O secretário de Estado, acompanhado do vice-governador para os serviços técnicos e infra-estruturas do Huambo, Calunga Francisco Quissanga, desenvolveu as mesmas actividades no município do Bailundo, 75 quilómetros da cidade do Huambo.

De regresso a cidade do Huambo, visitou as brigadas de registo implantada na escola primária número 34, seguindo-se uma reunião, à porta fechada, com os brigadistas, chefes de repartições municipais de registo e administradores dos 11 municipais da província, com os quais abordou as questões técnicas relacionadas com o processo.

Em declarações à imprensa, o director nacional de Tecnologias de Apoio ao Processo Eleitoral do Ministério da Administração do Território, António Lemos, disse que a delegação constatou um bom andamento do processo, iniciado em Agosto.

Salientou haver empenho dos brigadistas, dos responsáveis e administradores municipais, de modo a dar maior dinamismo ao processo, para o alcance dos objectivos desejados, dentro do prazo estabelecido.

Questionado sobre a situação da população penal, António Lemos respondeu que a mesma será registada sem dificuldades, a semelhança de qualquer cidadão.

Por outro lado, na comuna do Alto-Hama e no município do Bailundo, o secretário de estado procedeu a entrega de uniforme às autoridades tradicionais.

Adão de Almeida vai proceder hoje, domingo, ao lançamento, a nível da província, da campanha de interpelação de cidadãos, uma aposta do Ministério da Administração do Território para mobilizar a população a aderir aos postos de registos. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA