Ler Agora:
Huambo: MPLA realça crescimento social do Londuimbali
Artigo completo 2 minutos de leitura

Huambo: MPLA realça crescimento social do Londuimbali

Os militantes do MPLA do município de Londuimbali, 92 quilómetros a nordeste da cidade do Huambo, foram exortados domingo (20), no sentido de se manterem confiantes nas acçõe traçadas pelo partido, que visam garantir o bem-estar dos angolanos em vários domínios.

O facto foi expresso pelo segundo secretário provincial do MPLA do Huambo, Armando Kapunda, num acto político, que marcou a sua visita de constatação do programa desenvolvido pela administração do Londuimbali.

Disse que o programa de desenvolvimento do MPLA é inclusivo e nacional, congregando todos os angolanos e todas regiões, daí a necessidade dos militantes confiarem no sucesso das políticas do partido, que têm mudado a vida socioeconómica.

Como exemplo, o político particularizou o caso do Londuimbali, que tem registado crescimento nos sectores da educação, saúde, agricultura, bem como de energia e águas.

No domínio da educação, referiu que hoje possui 67 escolas graças a este programa, permitindo que 44 mil e 254 alunos estudem em condições dignas.

Armando Kapunda referiu ainda que a criação da Universidade José Eduardo dos Santos na província do Huambo é outro exemplo, que está a permitir a formação superior de muitos jovens, sem necessidade de se deslocarem a capital do país, como anteriormente acontecia.

O sector da Saúde no Londuimbali, frisou, também tem crescido, possuindo dois hospitais, quatro centros e nove postos de saúde, aproximando os serviços a população, que já não percorrem distâncias para os aceder.

Sinais de crescimento, de acordo com o segundo secretário do MPLA no Huambo, são visíveis também no sector da agricultura, que tem merecido uma atenção especial da administração local, com os programas de correcção da acidez do solo e apoio às famílias camponesas com sementes, fertilizantes e instrumentos de trabalho.

A construção de 200 moradias, já distribuídas aos funcionários públicos, a requalificação de estradas e construção de pontes são outros feitos apontados pelo responsável político. (Angop)

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos com são obrigatórios *

Input your search keywords and press Enter.
Translate »