Helicópteros Apache dos EUA participam da batalha de Mossul, no Iraque

Helicópteros Apache do Exército iraquiano voam sobre Gogjali, leste de Mossul, no dia 4 de novembro de 2016 (Afp)

Os Estados Unidos enviaram seus helicópteros de ataque Apache para a batalha de Mossul, uma ofensiva deflagrada pelas forças iraquianas para retomar a segunda maior cidade do Iraque, nas mãos do grupo Estado Islâmico (EI) – informou o Pentágono nesta segunda-feira (7).

Os helicópteros americanos foram usados, sobretudo, em Mossul, para destruir veículos carregados de explosivos que os extremistas suicidas lançaram contra as forças iraquianas, disse hoje o porta-voz do Pentágono, Peter Cook, acrescentando que a intervenção deu “resultados notáveis”.

Esses Apache são relativamente poucos no Iraque (uma dúzia pelo menos), de acordo com as informações divulgadas pelo Pentágono.

Antes de Mossul, esses aparelhos já haviam sido usados, muito ocasionalmente, em operações de combate contra os extremistas, especialmente em Junho no vale do Tigre.

Seu uso reflecte o crescente nível de risco que o governo de Obama decidiu aceitar no Iraque para derrotar o EI, depois de decidir retirar todas as tropas de combate desse país. Esses helicópteros voam a altitudes mais baixas e são mais lentos do que os aviões de combate, ou bombardeiros. São, portanto, muito mais vulneráveis ao fogo inimigo, o que aumenta, por sua vez, o risco de acidentes. (Afp)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA