Grande ciberataque atinge importantes bancos na Rússia

Vários bancos russos têm sido alvo de grandes ciberataques, há três dias, lançados de milhares de computadores pirateados em mais de 30 países (Afp)

Vários bancos russos têm sido alvo de grandes ciberataques, há três dias, lançados de milhares de computadores pirateados em mais de 30 países, informou nesta quinta-feira o laboratório Kaspersky, especialista em segurança ligada à informática.

O maior estabelecimento do país, o banco público Sberbank, afirmou ter sido vítima de um ataque e de ter conseguido neutralizá-lo sem alterar suas actividades.

Segundo o Kaspersky, os ataques “complexos” de tipo DDoS, que consistem em enviar milhares de buscas a um servidor para bloqueá-lo, começaram na terça-feira às 13H00 GMT (11H00 de Brasília).

De uma duração média de uma hora, mas podendo alcançar 12 horas, esses ataques atingiram “páginas na internet de ao menos cinco instituições financeiras que destacam-se entre as dez primeiras” da Rússia, afirmou a empresa em um comunicado.

Essas operações emitiram até 660.000 buscas por segundo de uma rede de máquinas pirateadas, utilizadas sem o consentimento de seus proprietários (“botnet”), de mais de 24.000 computadores em 30 países diferentes, mas especialmente nos Estados Unidos, Índia, Taiwan e Israel, segundo a mesma fonte.

Questionado pela AFP, o Banco Central confirmou ter identificado “ataques contra uma série de grandes bancos” procedentes de objecto conectados, mas que não bloquearam o acesso aos clientes.

Um dos responsáveis do Sberbank, Stanislav Kuznetsov, afirmou que o grupo havia sofrido 68 ataques deste tipo neste ano, e que este se tratava de um dos mais importantes, mas “não o mais potente”. (Afp)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA