Governo mantém salário milionário ao novo presidente da CGD

CGD. (Reuters)

Há três meses, quando a nova equipa assumiu a gestão da CGD, o vencimento do presidente que agora pediu demissão dobrou: passou de cerca de 200 mil euros para mais de 400 mil/ano.

Ainda não se sabe quem vai ser o novo presidente da Caixa, mas é certo que vai ter um salário milionário.

Segundo noticia o Jornal de Notícias, António Costa não vai baixar o ordenado ao sucessor de António Domingues no banco público.

Comunistas e bloquistas queriam nivelar por baixo os vencimentos dos gestores da Caixa mas o salário vai mesmo continuar a ser o resultado da mediana entre o salário mais alto e o mais baixo dos gestores concorrentes.

Há três meses, quando a nova equipa assumiu a gestão da CGD, o vencimento do presidente que agora pediu demissão por se sentir vítima de “demagogia populista” dobrou: passou de cerca de 200 mil euros para mais de 400 mil/ano. Somando o dos 11 administradores, o custo é de 2,5 milhões de euros. (Tvi24)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA