Governadores de Luanda e Free State da África do Sul reforçam cooperação

Governadores de Luanda, Higino Carneiro (à esq.) e Ace Magashule de Free State - África do Sul (Foto: Cortesia de Assis Quiituta)

Os governadores das províncias de Luanda, Higino Carneiro e de Free State, África do Sul, Ace Magashule reuniram-se hoje (segunda-feira), na capital angolana, com objectivo de reforçar a cooperação bilateral, nos domínios da educação, cultura e turismo.

O governador de Free State que se fez acompanhar do embaixador da África do Sul em Angola, Fannie Mfana Phakola troce consigo uma vasta delegação composta por vários empresários ávidos em investir em Angola.

No final do encontro, Ace Magashule fez saber que a sua vinda ao GPL visa sobretudo continuar a consolidar as relações entre as províncias de Luanda (Angola) e Free State (África do Sul), por formas a não se esquecerem de onde é a sua origem como antigos movimentos de libertação.

“Estamos a procura de oportunidades na área económica, na cultural, educação e turismo e por isso vamos trabalhar muito com a província de Luanda”, esclareceu.

O governador manifestou o desejo de ver jovens sul-africanos Angola para em conjunto com estudantes locais explorarem oportunidades turísticas entre as províncias de Luanda e de Free State.

Segundo Ace Magashule, em Dezembro próximo virão alguns estudantes do seu país para irem ao Cuito Cuanavale, tendo em vista a relação que se iniciou hoje com o governador de Luanda, que se pretendem doravante mais prática e pragmática.

Já o governador Higino Carneiro fez saber que serão convidados administrador de Cacuaco e a vice-presidente da Cidade de Luanda, para se reunirem com os presidentes das câmaras sul-africanas, com vista a abordarem temas de interesse comum e encontrarem formas de geminações entre cidades e municípios.

“Vamos desenvolver algumas iniciativas práticas e pragmáticas, vamos igualmente receber estudantes de Free State que se vão juntar aos cerca de 80 angolanos, para se enquadrarem numa iniciativa do governador de Luanda, para conhecerem a história do Cuito Cuanavale e Kifua Ngondo e assim fortalecer as relações entre os dois países”, disse. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA