EUA “preferem ver o que vai acontecer”, durante a pausa humanitária russa em Aleppo

(Sputnik/ Mikhail Alaeddin)

As autoridades dos EUA avaliarão a pausa humanitária da Rússia em Aleppo depois de ver seus resultados, declarou nesta quarta-feira o porta-voz do departamento de Estado, John Kirby.

“Eu vi as notícias a esse respeito. Devemos ver o que vai acontecer”, disse o alto funcionário durante o briefing regular.

Segundo Kirby, as pausas humanitárias por si só não significam nada, se depois os bombardeamentos serão retomados. “Já vimos exemplos de pausas humanitárias no passado, que não significaram nada, além do fato dos russos desejarem oferecer às pessoas a oportunidade de deixar a cidade antes da retomada dos ataques”, explicou o representante do departamento de Estado.

Os jornalistas perguntaram ao Kirby, se os EUA já possui informações de que a Rússia retomará os ataques depois da pausa. “Eu não sei. Eu não posso prever as ações militares dos EUA, muito menos da Rússia”, respondeu o porta-voz.

O ministro da Defesa da Rússia, Sergei Shoigu, por determinação do presidente Vladimir Putin, anunciou a realização de mais uma pausa humanitária em Aleppo, no dia 4 de Novembro, das 9:00 às 19:00 do horário local. (Sputnik)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA