Estilista de Michelle Obama nega trabalhar com mulher de Trump

(AP Photo/ Patrick Semansky, Foto de arquivo)

Em uma carta aberta Sophie Theallet, a chefe da empresa de moda com a marca homónima, recusou trabalhar com Melania Trump.

A publicação foi feita na tarde de sexta-feira (18) no Twitter dizendo, nomeadamente:

“Eu não vou participar em vestir ou de qualquer outra forma me associar com a próxima Primeira-Dama. A retórica de racismo, sexismo e xenofobia libertada por via da campanha presidencial de seu marido são incompatíveis com os valores comuns de acordo com os quais nós [na empresa] vivemos.”

A mulher apelou por via da carta aos seus colegas para fazerem o mesmo.

imgApós a vitória inesperada do republicano Donald Trump, os Estados Unidos estão de fato divididos em seus apoiantes e adversários. Em uma série de grandes cidades foram realizadas manifestações de protesto, até mesmo a média chamou erradamente a candidata democrata de presidente eleita.

Enquanto isso, o presidente Barack Obama ainda continua exercendo suas funções e já realizou um encontro com o seu sucessor na Casa Branca. A inauguração de Donald Trump está marcada para 20 de Janeiro. (Sputnik)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA