EPAL-EP apela à não dar crédito informações de detractores nas redes sociais

Garantido abastecimento de água potável (Foto: Angop/Arquivo)

Luanda – O Conselho de Administração da Empresa Pública de Águas (EPAL-EP) apela, numa nota de imprensa, ao público em geral à “não dar crédito” a informações veiculadas nas redes sociais que põem em causa a gestão da instituição, por os seus autores não terem vínculo jurídico laboral com a mesma, considerando-os “detractores dos objectivos pelos quais a empresa foi criada”.

Segundo lê-se no documento, enviado hoje, terça-feira, à Angop, a Empresa Pública de Águas alerta a opinião pública nacional que os indivíduos que veiculam tais notícias “foram despedidos da empresa, nomeadamente por apresentarem diplomas falsos, falsificação de documentos autênticos, fraude na área comercial, realização de ligações ilícitas de água, participação de garimpo, burla de consumidores, indisciplina grave e excesso de faltas”.

Diante dos factos enumerados, a EPAL-E.P alerta os clientes, fornecedores e púbico em geral para “descredibilizar tais informações, disseminadas por indivíduos detractores dos objectivos pelos quais a empresa foi criada”.

A EPAL-E.P, no âmbito do seu objectivo social, garante continuar a trabalhar na eficiência e celeridade do atendimento aos clientes, fornecedores e público em geral, mantendo a regular distribuição de água as populações. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA