Encomendou morte dos pais a casal de assaltantes

Polícia Judiciária. (Lusa)

Suspeitos foram detidos pela PJ que adianta que a morte das vítimas apenas não se concretizou “por mero acaso”.

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou hoje a detenção de dois homens e uma mulher suspeitos de duas tentativas de homicídio e de roubo com arma de fogo, ocorridos na terça-feira, em Vila do Conde, distrito do Porto.

Em comunicado, a PJ refere que, através da Diretoria do Norte, refere que os crimes alegadamente praticados pelos suspeitos numa residência em Vila de Conde “foram de uma inusitada e despropositada violência, condizente com os objetivos previamente traçados”, que visavam matar as vítimas e “realizar um roubo para dissimulação dos homicídios”.

A PJ adianta que a morte das vítimas apenas não se concretizou “por mero acaso, alheio à vontade dos suspeitos”.

Um dos suspeitos, explica a PJ, “agindo a mando e por encomenda de outro, filho das vítimas, tentou-as matar e ainda se apropriou de dinheiro e objetos em ouro que as mesmas tinham em sua posse no interior da residência”.

Para esse fim, o outro suspeito, filho das vítimas, na primeira semana de novembro, terá contratado a morte dos seus progenitores com o objetivo de ficar com a herança, entregando ao outro suspeito executante, como adiantamento, um cheque e dinheiro que transferiu para a cúmplice, namorada deste último”, acrescenta a polícia.

Os suspeitos, com idades compreendidas entre os 22 e 47 anos e sem antecedentes criminais, vão agora ser presentes a primeiro interrogatório para aplicação das medidas tidas por adequadas.

A PJ refere que os dois homens são suspeitos de coautoria e a mulher por cumplicidade da prática de dois crimes de homicídio na forma tentada e de um crime de roubo agravado, com recurso a uma arma de fogo. (Tvi24)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA