Eleições norte-americanas: WikiLeaks dá munição para Trump atacar, Clinton responde com nuclear

(Euronews)

Quando falta 1 semana para as eleições presidenciais norte-americanas, o candidato Republicano, Donald Trump, e a candidata Democrata, Hillary Clinton, continuam a trocar acusações.

Num comício no Michigan, Trump atacou Hillary com a revelação, feita pelo WikiLeaks, que esta teve acesso prévio a questões colocadas em debates frente a Bernie Sanders, durante as primárias democratas.

“O que me preocupa é que Hillary Clinton consiga as perguntas de um debate, isso é muito importante. Depois, o que acontece é que a comunicação social nunca pergunta: “por que você não as entregou, por que você usou essas perguntas?”. Ela usou as perguntas em várias situações; isso só se soube hoje,” declarou Donald Trump.

Entretanto, em Cincinnati, Hillary Clinton, que foi obrigada a jogar na defensiva depois de o FBI avançar com novas investigações sobre o uso de e-mail privado para tratar assuntos de Estado, atacou Trump e a forma como este entende o perigo das armas nucleares.

“Quando no futuro alguém lhe perguntar, talvez os seus filhos ou os seus netos, o que você fez quando tudo estava em jogo, eu quero que você possa dizer que votou por uma América melhor, mais justa e mais forte,” afirmou Hillary Clinton.

As sondagens mostram que a vantagem de Clinton sobre o Trump diminuiu ligeiramente. Ainda não se sabe se a controvérsia do e-mail será prejudicial. . Certo é que Milhões de americanos já fizeram a sua escolha em votação antecipada. (Euronews)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA