Director de educação em Luanda encoraja educadores pelo seu dia

Director do Gabinete provincial da educação em Luanda, André Soma (Foto: Joaquina Bento)

A jornada do Dia do Idoso em Angola, a assinalar-se a 30 do corrente mês, foi aberta com uma missa campal na paróquia do Cristo Rei da Igreja Católica, no distrito urbano do Rangel, município de Luanda.

A missa que serviu também para celebrar os 49 aniversários da Paróquia do Cristo Rei, localizado no bairro da Terra Nova foi celebrada pelo Bispo, Dom Zeferino Zeca Martins.

O Bispo católico lançou um repto aos idosos para que olhem a vida com esperança, por serem cidadãos com experiencia de vida que podem transmitir aos mais novos.

“ Os idosos são componentes valiosas para as famílias, sobretudo para os casais jovens e os filhos que neles encontram compreensão e amor, pelo seu conhecimento e experiência de vida contribuem para consolidação dos lares”, referiu.

Pediu também aos cidadãos para respeitarem os idosos, por estarem numa fase de fragilidade, manifestando sempre gestos amorosos e de apoios para com estas pessoas para que se sintam confortáveis e incluídos no seio familiar e social.

O Dia do Idoso em Angola foi instituído ao abrigo de um Decreto-executivo de 10 de Janeiro, do Conselho de Ministros.

A data foi instituída em sinal de respeito e reconhecimento dos feitos de milhares de homens e mulheres que se encontram na terceira idade, em prol do progresso e engrandecimento da Nação.

Neste dia, o executivo dirige uma palavra especial a todos os idosos que ainda sofrem em consequência das difíceis condições materiais e espirituais em que se encontram, reafirmando a sua determinação em remover paulatinamente todos os obstáculos que se erguem na via da resolução dos problemas das populações, com vista ao seu sossego e bem-estar.

Em Angola, estima-se que quatro porcento da população tem mais de 60 anos de idade, ou seja, está na faixa etária considerada idosa.

Assistiram a missa a secretária de Estado para Assistência Social, Maria de Sá Magalhães, a vice-governadora de Luanda para esfera politica e social, Jovelina Imperial, o director do gabinete provincial de acção cultural Manuel Sebastião e o administrador do distrito urbano do Rangel, Francisco Manuel Domingos, entre outros convidados. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA