Cuanza Norte: Actividade extra-escolar envolve três mil crianças em Ndalatando

Cuanza Norte:Governador provincial, José Maria dos Santos (Foto: Estevão Manuel)

Três mil crianças de vinte e sete escolas do primeiro ciclo, do município de Cazengo, sede da província do Cuanza Norte, participaram sábado, em Ndalatando, de uma actividade extra-escolar destinada a entreter os menores e promover o desenvolvimento das suas capacidades psicomotoras.

Denominada “plano de rua gigante”, a realização constou de exibições músico-culturais infantis e de actividades lúdicas, em que os petizes participaram de diversos jogos e de um concurso de cultura geral.

Inserida nas comemorações do quadragésimo primeiro aniversário da proclamação da independência nacional a celebrar-se a 11 de Novembro corrente, a actividade decorreu no antigo largo da ETP, tendo sido presenciada pelo governador provincial, José Maria Ferraz dos Santos e por vários membros do governo local.

Entre os 27 jogos programados para o referido plano de rua gigante constaram actividades como dança das cadeiras, corrida de sacos, jogo de precisão, enchimento de balões, barra do lenço, corrida de velocidade e salto à corda, tendo as cerca de duzentas crianças vencedoras recebido prémios diversos.

Na ocasião, o governador José Maria Ferraz dos Santos, disse haver da parte do governo e do Presidente da República, José Eduardo dos Santos, a plena consciência de que o futuro do país só será radioso se soubermos cuidar, hoje, das nossa crianças e dos nossos jovens.

“Por isso é que no âmbito das celebrações de mais este aniversário da proclamação da independência nacional achamos por bem realizar actividades extra-escolares massivas, para dar momentos de alegria e de felicidade às nossas crianças”, fez saber.

Professores, entre eles cento e sessenta e dois guias, pais e encarregados de educação participaram também do acto que culminou com a distribuição de lanches aos alunos participantes.

A cidade de Ndalatando, capital da província do Cuanza Norte, acolhe sexta-feira o acto central nacional comemorativo do 11 de Novembro, estando a data a ser saudada desde o dia 1, em toda a província, com actividades de vária índole. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA