Cuando Cubango: Detidos 40 supostos autores de 27 crimes

Supostos criminosos detidos pela PN (Arquivo) (Foto: José Filipe)

Quarenta cidadãos nacionais e estrangeiros foram detidos nos últimos sete dias, mais 16 em relação ao período anterior, pelo comando da Polícia Nacional no Cuando Cubango, como presumíveis autores de 27 crimes.

Os dados foram revelados quarta-feira, em Menongue, pelo porta-voz da corporação na província, superintendente-chefe João Sebastião, quando fazia o balanço semanal das ocorrências registadas.

Segundo o oficial, dos detidos 14 resultaram de buscas dirigidas, sendo os crimes mais relevantes ofensas corporais voluntárias, roubos, furtos, tentativa de roubo de material de construção civil, posse, venda e consumo de estupefaciente (liamba) com apreensão de 97 quilos e exploração ilegal de inertes.

Consta ainda dos crimes, homicídio com culpa grave no exercício de condução por atropelamento, ofensas corporais com culpas graves no exercício de condução por atropelamento.

O porta-voz referiu que o município de Menongue, sede capital do Cuando Cubango, continua a destacar-se na estatística criminal com 25 casos, seguindo as municipalidades do Cuchi e do Calai com um caso cada.

Foram apontadas como principais causas dos crimes, lucro fácil, estado de embriaguês, questões passionais, excesso de velocidade e justiça por mãos próprias.

Avançou que durante o período em referência foram registados 15 acidentes de viação, mais nove em relação ao período anterior, que ocorreram em Menongue, Cuangar e Cuchi, tendo causado a morte de um menor de idade, 16 feridos destes dois menores de idade e danos materiais avaliados em 45 mil Kwanzas.

O excesso de velocidade, a condução sob influência de álcool, falta de prudência, precaução no exercício de condução, a inobservância do código de estrada, que resultaram em choques entre veículos automóveis e motociclos simples, despistes, colisões entre motociclos simples, são apontadas como causas dos acidentes.

No âmbito da regularização e fiscalização do trânsito, registou-se a apreensão de 73 meios, sendo 25 viaturas (+6), 48 motos (+30), apreensão de 32 documentos diversos por várias infracções às normas do código de estrada, aplicação de 24 multas, das quais sete liquidadas no valor 193 mil e 212 Kwanzas. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA