Corrigindo os erros: sistema eleitoral dos EUA pode mudar

(AP)

A senadora do estado da Califórnia Barbara Boxer apresentou no Senado um projecto que prevê a eliminação do Colégio Eleitoral e a transição para um sistema de eleições presidenciais diretas, informa o canal Fox News.

De acordo com Barbara Boxer, autora da iniciativa, o sistema actual “é obsoleto e não democrático”.

“Somos o único país no mundo onde é possível obter a maioria dos votos e mesmo assim perder as eleições”, declarou Boxer.

Como destaca o Fox News, o projeto é mais uma ação de protesto dos democratas contra a vitória de Donald Trump. De acordo com os resultados, Clinton recebeu mais votos dos eleitores, mas o sistema de delegados e Colégio Eleitoral fez com que Trump se tornasse o novo presidente dos EUA.

O projeto tem chances mínimas de ser aprovado, porque o Senado é dominado pelos republicanos, informa o canal. Mas mesmo que seja aprovado, é necessário que três quartos dos Estados ratifiquem a lei no espaço de sete anos. Para mudar o sistema eleitoral, as emendas devem ser inscritas na Constituição dos EUA. (Sputnik)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA