Candidato pró-russo vence presidenciais na Moldávia

(Eronews)

A Moldávia foi a votos este domingo para eleger um novo presidente por sufrágio universal, pela primeira vez desde 1997. O vencedor do escrutínio, recolhendo mais de 55 por cento dos boletins, foi o candidato socialista Igor Dodon, que defende uma aproximação político-comercial à Rússia e a revisão do Acordo de Associação com a União Europeia.

Dodon fez um apelo “à calma”, tanto por parte dos rivais como da população em geral, frisando que é preciso evitar a “agitação, provocações e destabilização da sociedade”.

Dodon felicitou a “boa campanha” conduzida pela rival Maia Sandu. Depois de conhecida a derrota, a candidata pró-europeia denunciou irregularidades num escrutínio que classificou de “mal organizado”.

Sandu afirmou que, em várias assembleias de voto no estrangeiro “centenas de pessoas não puderam votar”, destacando que se “esgotaram os boletins de voto”, nomeadamente em “Londres, Bolonha, Paris e Bucareste”, onde há uma grande comunidade moldava.

A vitória do candidato pró-russo na ex-república soviética reflete a perda de confiança nos líderes pró-europeus da Moldávia, mergulhada numa crise política e económica desde o escândalo de corrupção que eclodiu em 2014. (Euronews)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA