Bruno de Carvalho: «O meu cigarro eletrónico irrita as pessoas»

(Tvi24)

O presidente do Sporting refuta as acusações do Arouca, que na sequência da divulgação de imagens dos incidentes no final do jogo entre as duas equipas acusou Bruno de Carvalho de ter cuspido para o líder arouquense, Carlos Pinho.

«Ele tentou agredir-me e agrediu, de facto, um segurança. Já percebi que o meu cigarro eletrónico irrita as pessoas, mas é uma realidade que fumo. Também fumo dos outros, mas ali dentro da balneário não dava jeito», referiu o líder leonino na conferência de imprensa de apresentação da Ronda de Elite da UEFA Futsal Cup.

Bruno de Carvalho espera que os dirigentes do Arouca sejam castigados pelo Conselho de Disciplina, e rejeita a ideia de uma eventual punição para si: «Era o que mais faltava para o futebol português bater no fundo. Perguntar isso é o cúmulo dos cúmulos. Já sou castigado todos os dias por pertencer a este mundo. O meu prazer é amar o Sporting e ter outras modalidades, como por exemplo o futsal.» (Tvi24)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA