BNI comemora 10 anos e anuncia novidades

(DR)

O BNI comemorou o seu 10º aniversário juntando Colaboradores e Convidados no sábado 26 de Novembro. O encontro de quadros foi presidido pelo Presidente do Conselho da Administração, Dr. Mário Palhares, contou com a presença de vários membros do corpo de Accionistas e com Administradores Executivos, tendo como principal objectivo a apresentação de parabéns a toda a equipa e a entrega de Prémios de Antiguidade e de Mérito.

As novidades do Evento consistiram no anúncio da inauguração da Seguradora do Banco, prevista para finais do primeiro trimestre de 2017, revelado pelo PCA, e do lançamento de um Serviço inovador no mercado angolano, o BNIX, que permite fazer pagamentos via telemóvel de uma forma absolutamente única e inovadora, serviço que foi objecto de uma apresentação interactiva e com ligação real.

O evento, glamoroso, contou com vários momentos culturais que abrilhantaram a tarde e princípio da noite, com destaque para a grande actuação ao vivo do músico angolano, Paulo Flores, que mereceu fortes aplausos de todos os presentes.

Os 10 anos do BNI – Banco de Negócios Internacional, um banco moderno, ágil e atento aos seus Clientes, que trabalha em equipa com uma abordagem de rigor, através da confiança, da ética e da inovação. Um Banco que acredita há 10 anos num mundo mais justo e solidário, tendo um programa activo na área de responsabilidade social, denominado BNI Solidário, que entre outras causas, apoia vigorosamente a Luta contra o Cancro da Mama, através da realização de diagnósticos preventivos.

Discurso do Presidente do Conselho de Administração do BNI:

(DR)
(DR)

Em nome do Conselho de Administração do BANCO BNI e em meu nome pessoal, agradeço a vossa Presença neste evento que é um momento importante, pois celebramos 10 Anos de actividade do BNI, o que representa, para nós, motivo de satisfação, orgulho e sobretudo de gratidão.
O homem pensa, Deus quer, a obra nasce!

Com efeito, um grupo de pessoas pensou criar há 10 anos atrás um Banco, assente numa estratégia que procurava responder às necessidades de um País, que tinha alcançado finalmente a paz e a necessidade de projectar o seu crescimento e desenvolvimento, em prol do povo angolano. Movia- nos a força de vontade de querer e acreditar que seria possível e com paixão empenhámo-nos para tornar realidade. Tal como hoje move-nos esta paixão: o Futuro!

Em 10 anos de existência, o BNI fez um caminho de que todos nos orgulhamos, que orgulha o País e o sistema Financeiro. Criar um banco, requer muito e não é só muito dinheiro, sobretudo muito trabalho, abnegação, espírito de colaboração por parte das pessoas, que afinal são o mais importante. Ao longo destes 10 anos, o nosso maior desafio foi garantir a nossa capacidade de presença em território nacional. Contamos com mais de 90 agências, incluindo 7 centros de Negócio, dedicados a clientes, Corporate e Private, ultrapassando neste momento a fasquia dos 200 mil clientes.

Assim, pudemos afirmar que neste caminho, o BNI cresceu sustentadamente, em activos, em depósitos, em Clientes, em balcões e serviços, na gama dos produtos oferecidos e naturalmente, em colaboradores. É justo que se assinale… São o nosso activo mais precioso!

Hoje, o BNI está também presente na comunidade europeia com o BNI- Europa, mais concretamente em Lisboa, focados na criação de novos negócios, também por lá temos sido alvo de reconhecimento internacional. Fomos recentemente considerados o Banco mais inovador em Portugal, pela International Finance Magazine, que faz menção à nossa aposta em soluções de internet Banking e aplicação móveis. Esta aposta valeu-nos, ainda em Portugal, por parte de instituições de renome, os galardões de melhor Internet Bank e Digital Bank. O BNI tem relações institucionais com o COMERZBANK, IFC. Somos emissores dos cartões Visa e MasterCard… Recentemente dos cartões da American Express.

Em 2015, aumentámos o crédito concedido em moeda nacional, num contexto de fortes exigências regulatórias, em que apostámos no reforço dos fundos próprios e melhorámos o rácio de solvabilidade. Neste último semestre do ano, foram lançados diversos produtos… permitimo-nos destacar o mais recente, o BNIX que permite fazer pagamentos via Telemóvel… O que vai alterar a forma como se fazem pagamentos móveis em Angola. Em 2016, financiámos o arranque de um consórcio de 3 projectos habitacionais, destinados à classe média, designado PÉROLA IMPERIAL. Situado no Morro Bento, implantado numa área de terreno de 90.000m2 com uma área de construção de 220.000m2, e inclui, para além do condomínio habitacional privado, espaços de lazer, um apart-hotel e comércio.

Também no biénio 2015/2016, o nosso Posto Médico foi apetrechado para atender de forma personalizada os nossos colaboradores e os seus dependentes, como parte da nossa Política Social. A nível de parcerias de negócios, o BNI tem celebrado vários acordos com parceiros financeiros nas áreas do micro crédito… Para completar, abriremos ao público a nossa seguradora em finais do primeiro trimestre do próximo ano.

Nestes 10 anos de vida, moveu-nos a paixão por inovar, por criar e acrescentar valor, por fazer diferente, sobretudo, por fazer melhor, pensando nos nossos Clientes, nos nossos Accionistas e no nosso País. Foi a paixão pelo futuro que nos trouxe até aqui. Graças a esta paixão – temperada com muito trabalho, rigor e persistência – podemos hoje, orgulhar-nos de estar entre os 100 maiores Bancos de África, segundo a conceituada revista “African Business”. O objectivo de um Banco – como de qualquer negócio – é gerar valor, dar lucro, criar riqueza. Mas nunca se deve esquecer da partilha. Também aqui, procurámos fazer a diferença, apoiando projectos sociais e populações carenciadas, procurando ser um parceiro do desenvolvimento do País e do esforço do nosso Executivo, para melhorar as condições de vida dos angolanos.

Este ano, em que comemoramos os 10 anos, abraçando o repto de Sua Excelência o Presidente da República, elegemos como responsabilidade social a luta contra o cancro da mama, cujo objectivo é garantir em parceria com outras instituições, condições para proporcionar os exames complementares de diagnósticos, aqueles que precisam e não têm condições de os realizar. Em breve, lançaremos o repto a outras instituições financeiras, no sentido de juntos tornarmos esta causa social assumida pelo sector bancário.

Apoiar o surgimento de novos negócios, de menor escala, também tem sido uma paixão. O microcrédito por via da FACILCRED, o envolvimento no Angola Investe, contribuindo para o crescimento de micro, pequenas e médias empresas. O ano que agora está a terminar, foi marcado por enormes e importantes desafios no nosso País. A queda do preço do petróleo nos mercados internacionais, por motivos que não controlamos, evidenciou uma necessidade que era já do conhecimento de todos nós: é preciso construir uma Angola, onde a economia seja diversificada. O País é rico em recursos naturais. Tem condições para desenvolver projectos na indústria transformadora, na agricultura, na pecuária, nas pescas, do sector energético ao mineiro, passando pelo turismo, pela cultura, pelo comércio e serviços.

Não nos falta riqueza, nem futuro. O nosso Executivo desafiou os Bancos a contribuírem para este desígnio da diversificação da economia. No BNI, agarrámos este desafio, porque acreditamos no futuro de Angola.

A Paixão vai ser sempre a mesma: Pelo Futuro, pelas Pessoas, pelos Negócios e por esta Angola, Nação que a todos nós carrega!

(nota de imprensa enviada à redacção do Portal de Angola com pedido de publicação)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA