Bié: Professores ausentes serão sancionados

Bié: Basílio Caetano - Director provincial da educação (Foto: Manuel da Silva)

O director provincial da educação no Bié, Basílio Caetano alertou terça-feira, no município Chinguar, 75 quilómetros a sudoeste do Cuito, a tomada de medidas contra os professores que dificilmente honram os seus compromissos assumidos com o Estado.

O responsável manifestou este sentimento no acto provincial do dia nacional do educar realizado naquela localidade sob “Pela qualificação profissional do professor, rumo ao desenvolvimento sustentável de Angola”.

Basílio Caetano solicitou, para o efeito a colaboração dos directores de escolas, tendo apelado para encaminharem as listas dos infractores à direcção provincial para serem exemplarmente disciplinados.

Avisou, por outro lado, que serão também tomadas medidas aos docentes que se recusam em comparecer aos seus locais de trabalho consoante a sua colocação, alegando falta de condições de habitação, mais que em contrapartida recebem os seus ordenados mensais.

O responsável confirmou que para o efeito os sectores da educação e do ministério do Trabalho, Emprego e Segurança Social e outras instituições afins trabalham, no sentido de se detectar os prevaricadores, sob pena de verem anulados os seus contratos de trabalho.

Exortou, por isso, aos responsáveis do sector da Educação, no sentido de puni-los (professores ausentes), pelo facto de em nada estarem a contribuir no desenvolvimento socioeconómico do país e da região em particular, acrescentando que, esse tipo de atitude prejudica o desempenho dos alunos.

Na ocasião, os professores, através de uma mensagem solicitaram o governo para promover políticas que, visam incentivar e dignificar os docentes.

Enquanto isso o vice-governador da província do Bié, para área política e social, Carlos Ulombe da Silva, sublinhou que, o governo vai continuar a trabalhar para ver reduzida as dificuldades enfrentadas, com vista a garantir um sistema de ensino cada vez melhor.

No presente ano lectivo, na província do Bié, estão matriculados 581 mil 202 alunos nos diversos subsistemas de ensino. O sector conta com 14 mil 356 professores. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA