Benguela: Reforçada sensibilização para adesão as actividades da independência Nacional

11 de Novembro, Dia da Independência de Angola (Foto: Cedida a Angop)

Partidos políticos e autoridades tradicionais reforçam desde segunda-feira última, no município do Lobito, província de Benguela, o apelo para adesão massiva da população nas festividades que visam saudar o 41º aniversário da independência nacional, assinalar-se a 11 de Novembro.

Em declarações a Angop, o primeiro secretário municipal do MPLA, Julião de Almeida, considerou ser importante a mobilização da população nestas actividades de carácter político, social e cultural, uma vez que a independência de Angola abriu caminho para a libertação de outros povos do continente africano e marcou a viragem de consciência de todos angolanos no que tange a necessidade de lutar para a libertação.

Segundo o político, esta missão histórica que levou os angolanos a lutar pela independência contínua, têm o papel de, para além de defender a pátria, os angolanos engajarem-se nas tarefas de reconstrução do país, em palestras, debates entre vários órgãos de comunicação social, para que se continue ser este país com estradas melhoradas para a livre circulação de pessoas e bens.

Na mesma vertente, o secretário municipal da UNITA, Mário Raul, reconheceu que a independência é feita de esforço de todos, tendo garantido que o seu partido se fará presente para que em conjunto se reflicta sobre os caminhos da independência “ aonde partimos, estamos e vamos”.

Já o primeiro secretário municipal da Casa-Ce, Júlio António, disse que esta data é de todos angolanos, que devem comemorar e estar presentes nesta festa e não se deve limitar por ser de outro partido.

“Devemos ser primeiro angolanos e como fazedores deste país que se chama Angola devemos participar em unanimidade, desta forma estaremos juntos” reforçou.

Por outro lado, o regedor adjunto do município do Lobito, António Júnior, referiu que a independência é um dia que merece o respeito de todos, cujo governo tem atenções viradas para a reconstrução do país, criando infra-estruturas que garantam o bem-estar das populações.

O acto provincial do 11 de Novembro terá lugar na zona comercial do 28 na praça, José Samuel, cidade do Lobito. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA