Benguela: António Caconda vence terceira temporada do concurso Gentes e Músicas

Arquivo: Projecto Gentes e Músicas (Foto: Diniz Simão)

O concorrente António Ferreira Caconda venceu, sábado, com 218 pontos, a fase final da terceira temporada do projecto “Benguela Gentes e Música”, promovido pela Emissora provincial de Benguela, grupo Rádio Nacional de Angola.

António Caconda interpretou a música e letra de Carlos do Nascimento intitulada “Mukanda” que convenceu o corpo de júri constituído por Massoxi Maxi ( Professor de canto), Jomo Fortunato ( crítico musical), Clementina Afonso (Radialista), Cici Lemos (Arranjista e instrumentista) e Aníbal Lopes ( Agente cultural).

No concurso, disputado por dez concorrentes, classificou-se em segundo lugar, com 192 pontos, António Ferraz, que interpretou “Nzola” de Adamu, e em terceiro, com 167 pontos, Alberto Chinanga que cantou Zambi, de Elberto.

O evento serviu para homenagear o cantor Yuri da Cunha, que recebeu um cristal da empresa de publicidade Gato de Bombinhas Fotógrafo, contou com a actuação de um “sósia” do malogrado Bangão, o Bangãosinho, que interpretou “kiende kietuxinde”, um clássico de Artur Nunes, e kalumba seleta, levando para o delírio os mais de cinco mil convivas.

Gilmar, dos Tunezas, também subiu ao palco e fez um dueto com o homenageado, interpretando a música “abraço a Manré”, e Lito Graça interpretou o sucesso de sua autoria “kuma kwa kie” e retrô à versão de Benguela.

Subiu ainda ao palco, o músico Livongue que cantou com o Yuri o “Aiuwe ta doer”, “minha Popozuda”, canção que tem a letra do Keni Bass. Seguiram-se Shelsia, cantando “Me diga o que é que eu faço”, Puto Português com as músicas “Kandengue atrevido”, “tá mal” , “homem é”, um semba de sucesso, “Zig-zig”, bem como Tércio Santana, um jovem local.

Alexandra, vocalista principal da banda FM, cantou os sucessos “tu és o amor”, “makumba”, seguindo-se uma rapsódia de músicas. Fredy Tiago, um dos vencedores de uma das edições, cantou “fim-de-semana” e ” fui ao sambila”.

O espetáculo, com duração de mais de três horas, terminou com a interpretação conjunta da música “Celina”.

O director da Rádio Benguela, Adão Filipe, faz balanço positivo das três temporadas e diz que não tem sido fácil manter o projecto, uma vez que a falta de apoio tem sido o maior empecilho para continuar com o projecto “Benguela Gentes e Músicas”.

“Quisemos desta vez homenagear o Yuri da Cunha pelos seus feitos no desenvolvimento da música nacional, foi assim porque maioria das homenagens tem sido feitas a título póstumo e ele merece”, disse.

Benguela Gentes e Músicas é um projecto da Rádio Benguela e visa “caçar” novos talentos da música. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA