Bataclan impede entrada de dois membros do Eagles of Death Metal

Cantor da banda Eagles of Death Metal, Jesse Hugnes, em evento no Olympia Concert Hall, em Paris, em 16 de fevereiro de 2016 (Afp)

Dois membros do grupo Eagles of Death Metal, a banda americana que tocava na casa Bataclan na noite dos atentados de 13 de Novembro passado em Paris, foram impedidos de entrar no show de reinauguração por suas polémicas declarações sobre a segurança – informou o estabelecimento.

“Eles vieram, eu os expulsei. Há coisas que não se perdoa”, declarou o co-director da casa de espectáculos Jules Frutos, no fim do show de Sting.

O evento do cantor britânico marcou a reabertura da casa e, ao mesmo tempo, o primeiro aniversário da tragédia, que deixou 90 mortos.

Um dos membros impedidos de entrar, o cantor Jesse Hughes, sugeriu que o atentado pode ter sido preparado de dentro do estabelecimento, com a ajuda dos seguranças. (Afp)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA