Basquetebol: Petro Atlético fora da taça africana

1º de Agosto tira Petro da prova africana de clubes (Foto: Henri Celso)

Ao perder nesta noite de domingo frente ao 1º de Agosto por 70-59, na terceira e última jornada do zonal de basquetebol sénior masculinos que decorreu no pavilhão da Cidadela, o Petro de Luanda, campeão continental, ficou afastado da fase final da Taça dos Clubes Campeões de África.

Numa prova disputada por três equipas, onde apenas os dois melhores classificados têm acesso à fase final, os “Petrolíferos” averbaram duas derrotas, em igual número de jogos, depois de terem igualmente perdido na ronda inaugural com o Recreativo do Libolo, por 83-77.

Deste modo, Libolo e 1º de Agosto garantem acesso ao evento continental de clubes, a decorrer em Dezembro no Cairo (Egipto).

O 1º de Agosto, que foi para o intervalo vencendo por 39-25, dominou o jogo, apesar de em alguns momentos permitir a aproximação do adversário em termos de resultado. Venceu os quatro períodos e inclusive, no terceiro quarto, atingiu a diferença de 21 pontos de vantagem.

Com um jogo colectivo, apenas dois jogadores “militar” chegaram aos dois dígitos, trata-se de Armando Costa e Tariq, com 12 e 10 pontos, respectivamente, marcas atingidas no final do terceiro período.

No Petro de Luanda, Reggie Moore e Domingos Bonifácio, os mais experientes, assumiram as rédeas do encontro com 15 e 13 pontos, insuficientes para superar um adversário com mais opções e já com algum ritmo competitivo.

Os “tricolores” parece não terem se preparado de forma adequada para a competição, já que alguns jogadores, como o reforço Edmir Lucas, ainda não se encontrarem disponíveis por questões administrativas, numa altura em que o técnico camaronês Lazare Adingono continua a dar minutos a jovens provenientes da formação, com destaque para Childo Dundão e Erickson Silva.

O 1º de Agosto apresentou-se mais organizado e entrosado e foi com naturalidade que venceu a partida, apesar dos altos e baixos.

As equipas alinharam e marcaram da seguinte forma:

1º de Agosto: Edson Ndoniema (00), Armando Costa (12), Braulio Morais (05), Vlademir Gerónimo (00), Felizardo Ambrósio (09), Kikas Gomes (09), Mutu Fonseca (03), Hermenegildo Santos (09), Islando Manuel (07), Malick Cissé (06), Tarq Kirksay (10).

Técnico: Ricard Casas

Petro de Luanda: Childe Dundão (09), Pedro Bastos (06), Erickson Silva (00), Zola Paulo (00), Teotónio Dó (02), Domingos Bonifácio (13), Divaldo Mbunga (05), Gerson Gonçalves (09), Cley Cabanga (00), Reggie Moore (15). (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA