Assange: ‘Não permitirão que Trump ganhe as presidenciais’

(REUTERS/ Peter Nicholls)

O establishment norte-americano trabalha com a média para evitar que Donald Trump se torne o próximo presidente dos Estados Unidos, disse Julian Assange, fundador do WikiLeaks em uma entrevista ao canal de televisão RT.

“Não permitirão que Trump ganhe, porque todo o establishment está contra ele”, disse ele.

De acordo com Assange, “os bancos, os serviços de inteligência, as empresas militares, os patrocinadores exteriores, etc, todos juntos estão unidos a favor de Hillary Clinton, tal como a média, os proprietários da média e os próprios jornalistas”.

O WikiLeaks publicou em 3 de novembro o 27º lote da correspondência confidencial de John Podesta, chefe da campanha eleitoral do candidato presidencial Hillary Clinton. Assim, o número total de publicações excede 44.000. A primeira parte foi publicada em 8 de outubro. O portal prometeu publicar um total de 50.000 e-mails antes da eleição presidencial norte-americana prevista para 8 de novembro.

Além disso, o fundador do site, Julian Assange, disse que até o final do ano, o WikiLeaks irá revelar “dados importantes” sobre os governos de três países e as presidenciais nos Estados Unidos. (Sptunik)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA