António Gomes: Novo Presidente da Comissão para o Desenvolvimento do Desporto da Região 5 é angolano (exclusivo)

António de Almeida Gomes, o novo Presidente do Comité para o Desenvolvimento do Desporto da Região 5, eleito na reunião de Swakopmund, na Namíbia. (Foto: Angop)

No dia em que completa 50 anos, o Coordenador do Comité Local dos VII Jogos da Região 5 da União Africana, não quis dar a conhecer uma outra razão para tanta jovialidade e muito boa disposição.

No fundo do seu coração estava escondida uma novidade, que não quis partilhar enquanto não apresentasse superiormente os relatórios, que dão como certa a sua nomeação para o cargo de Presidente da Comissão para o Desenvolvimento do Desporto da Região 5 da União Africana, na reunião do Comité Executivo da Região 5, realizada há dias, em Swakopmund, na Namíbia.

António Gomes é o actual Coordenador do Comité Local, LOC, dos VII Jogos da Região 5 em Sub-20 e trouxe na sua bagagem uma responsabilidade que o levará nos próximos 5 anos a dividir Luanda com outras capitais africanas membros da Região 5.

Sob os seus ombros está ainda por completar a missão de levar a bom porto, a realização dos VII Jogos em Luanda, de 9 a 19 de Dezembro deste ano.

O coordenador do LOC tem sob sua custódia, a realização dos Jogos em Sub-20 mais ingratos da história do Desporto angolano. Em cenário de crise profunda está obrigado a cumprir sem falhas, um desígnio nacional.

Por detrás de si tem uma equipa multisectorial a empurrá-lo para a frente e mais do que isso, um ministro e uma secretária de Estado e directores turbinados para que o evento se realize sem percalços, na capital do país, que albergará cerca de 1600 atletas de 10 países membros, num universo de aproximadamente 2500 pessoas, mobilizadas para servirem 9 modalidades desportivas. (Portal de Angola)

Sobre Swakportmund

Hotel Swakopmund, uma turística localidade situada na costa ocidental da Namíbia, 280 quilómetros de Walvis Bay. (Foto: D.R.)
Hotel Swakopmund, situado numa turística localidade do mesmo nome, na costa ocidental da Namíbia, a 280 quilómetros de Walvis Bay. (Foto: D.R.)

Swakopmund (“Boca do Swakop”, em alemão) é uma cidade, situada a 280 quilómetros na costa Oeste da Namíbia (170 milhas) a ocidente de Windoek,  capital da Namíbia. É a capital do distrito administrativo do Erongo. A cidade tem 44,725 habitantes e abrangendo uma área de 193 quilómetros quadrados (75 MI quadrado) da terra. A cidade situa-se em pleno deserto do Namibe e é o quarto maior centro populacional na Namíbia.

Swakopmund é uma espécie de “resort de praia” e um modelo da arquitectura alemã. Foi fundada em 1892 como o principal porto alemão da então África do Sudoeste Africano, e boa parte da sua  população é ainda hoje de língua alemã. 

Os edifícios da cidade incluem a prisão de Altes Gefangnis, projectada por Heinrich Bause em 1909 e a Torre de Woermannhaus, construída em 1906 como uma referência de destaque, sendo agora uma biblioteca pública. As atracções em Swakopmund incluem um Museu com o mesmo nome o National Marine Aquarium,  e as espectaculares dunas de areia perto de  Langstrand, a sul do rio Swakop.

Cidade de Swakopmund, uma perfeita harmonia entre o mar e a modernidade urbanística. (Foto: D.R.)
Cidade de Swakopmund, uma perfeita harmonia entre o mar, o deserto e a modernidade urbanística.  (Foto: D.R.)

Fora da cidade, o  Rossmund Desert Golf Course  é um dos  cinco  campos de golfe do mundo situados no deserto.

Nas proximidades existe uma fazenda que oferece passeios de camelo aos turistas e a locomotiva a vapor Martin Luther, que data de 1896 abandonada no deserto.

Swakopmund situa-se na estrada B2 e a Ferrovia Trans-Namibia de Windoek para Walvis Bay. É servida igualmente pelo Aeroporto de Swakopmund. (Wikipedia)

 

 

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA