Angola inaugura novas instalações da Embaixada no Egipto

Manuel Augusto, secretário de Estado do MIREX (Foto: ANTÓNIO ESCRIVÃO)

A Embaixada de Angola na República Árabe do Egipto contará a partir desta sexta-feira com novas instalações, numa inauguração a ser dirigida pelo secretário de Estado das Relações Exteriores, Manuel Augusto, que se encontra já em Cairo, para orientar as cerimónias comemorativas do 41º aniversário da independência do país.

De acordo com o programa a que a Angop teve acesso, o ponto mais alta das celebrações da dipanda naquele país Árabe será o corte da fita e o descerrar da placa da nova Embaixada da República de Angola no Egipto, por Manuel Augusto, simbolizando assim a inauguração oficial de um imponente edifício.

Erguida de raiz, na localidade de Maadi, numa zona nobre da cidade do Cairo, a Missão Diplomática de Angola no Egipto conta com cinco pisos, comportando as áreas do embaixador, económica, política, consular, imprensa, telecomunicações, finanças, administração, protocolo, sala de reuniões, biblioteca e uma área Vip.

O programa inscreve ainda uma visita guiada ao edifício, a exibição de imagens ilustrativas do país, nos domínios político, económico, social, cultural e das infra-estruturas em curso em Angola, assim como discursos do embaixador angolano naquele país, António da Costa Fernandes, do embaixador Mohamed Idris, assistente do ministro egípcio das Relações Exteriores para os Assuntos Africanos e do secretário de Estado das Relações Exteriores de Angola, Manuel Augusto, dirigidos a mais de 100 convidados, entre eles entidades locais, embaixadores acreditados no Cairo, quadros e a comunidade angolana residente.

No sábado dia, 12.11, o secretário de Estado Manuel Augusto, o embaixador António da Costa Fernandes e alguns diplomatas angolanos visitarão zonas turísticas do Cairo e confraternizarão na residência oficial de Angola naquele país, com entidades locais, embaixadores ali acreditados e a comunidade residente, para deliciar pratos da culinária angolana que será servida,ao som da música do cantor Maya Cool.

Angola está representada na República Árabe do Egipto desde 1976. O primeiro Chefe de Missão foi o embaixador Joaquim de Lemos e o actual é António da Costa Fernandes, há quatro anos naquele país.

O Egipto conta com população estimada em mais de 90 milhões de habitantes e tem três principais fontes económicas: a primeira é a extracção e a exportação de petróleo, que gera emprego e lucros para o governo, a segunda é o turismo, que tem como atracções as pirâmides e o apreciado litoral do Mar Mediterrâneo e a terceira os impostos e as taxas alfandegárias que são cobradas sobre os navios que passam pelo canal de Suez. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA