Angola Cables participa, entre os dias 7 e 9 de Novembro, num dos maiores eventos de telecomunicações do mundo, o Capacity Europe.

Angola Cables (DR)

A Angola Cables, empresa angolana vocacionada na comercialização de capacidade em circuitos internacionais, participa desde 07 de Novembro, em Paris, França, do Capacity Europe, um dos maiores eventos a nível de telecomunicações organizado no continente Europeu.

Durante o certame, que decorre até o dia 9 de Novembro, a startup angolana participará das discussões em torno dos desafios e oportunidades sobre as novas rotas de telecomunicações sobre o mar, representada pelo seu director comercial, Artur Mendes.

Darwin Costa, gestor do produto IP da Angola Cables, avançou que a participação da Angola Cables no Capacity visa, entre outros objectivos, fortalecer a sua relação com outros grandes players do sector a nível mundial, bem como dar a conhecer ao mercado e aos seus clientes os avanços registados na expansão da sua rede, com destaque para os seus POP´s, infra-estruturas físicas, em Madrid (Espanha), Marselha (França), Frankfurt (Alemanha) e Londres (Inglaterra). Com este desenvolvimento, Angola Cables vai melhorar a qualidade dos seus serviços de Internet, bem como atrair negócios entre Europa e África e vice versa.
“Acreditamos que este evento servirá para a criação de oportunidades de negócios entre a Europa e África, atrair o maior número de clientes para as nossas infra-estruturas em Lisboa (Portugal), bem como manter os nossos clientes informados sobre o progresso dos projectos chave, nomeadamente, o Monet e o SACS” disse Darwin Costa

Desse modo, a construção de novos sistemas submarinos por parte da empresa angolana dá ao continente Europeu uma maior possibilidade de escolha de rotas e estabilidade nas suas operações, o que faz da Angola Cables o parceiro estratégico para os negócios entre os dois continentes.

O gestor, fez saber ainda, que o continente Europeu é visto como um hub mundial e, sendo a Angola Cables a promotora do desenvolvimento das TIC em África, uma parceria com a startup angolana trará grandes oportunidades às empresas Europeias de expandirem as suas redes para África, bem como poder travessar o oceano atlântico com baixa latência, a partir de Angola.

(nota de imprensa enviada à redacção do Portal de Angola com pedido de publicação)

DEIXE UMA RESPOSTA