Zaire: Polícia impede saída de combustível para RDC

Zaire: Posto aduaneiro do Luvo (Foto: ANGOP)

Dez mil e 550 litros de combustível foram apreendidos, nos últimos sete dias, pela Polícia Fiscal destacada no posto aduaneiro do Luvo, município de Mbanza Congo, província do Zaire, por presumível contrabando de derivados de petróleo.

Em declarações hoje, quarta-feira, à Angop, o porta-voz do Comando Provincial do Zaire da Polícia Nacional, inspector-chefe Luís Bernardo, explicou que o produto, entre gasóleo e gasolina, tinham como destino a República Democrática do Congo (RDC) onde seria comercializado.

Acrescentou que a apreensão resulta das acções de controlo e fiscalização levadas a cabo pelos efectivos da Polícia Fiscal destacados na comuna fronteiriça do Luvo, 60 quilómetros a norte da cidade de Mbanza Congo.

“As nossas forças estão atentas com os novos métodos introduzidos pelos contrabandistas, que tudo fazem para exportar ilicitamente o combustível para a RDC”, frisou, para acrescentar que os contrabandistas transportam o combustível num camião com mercadorias diversas para tentar ludibriar as autoridades policiais.

Informou que durante o período em balanço, foram notificadas três infracções de contrabando de combustível, igual número em comparação a semana anterior.

Quantidades consideráveis de combustível têm sido apreendidas, semanalmente, pelas forças policiais destacadas ao longo da fronteira com a região do Congo Central, RDC. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA