Vice de Trump defende instalação de escudo anti-mísseis contra Rússia

(© flickr.com/ The U.S. Army)

O candidato à vice-presidência dos EUA pelo Partido Republicano, Mike Pence, proferiu duras críticas à postura da Rússia com relação à Síria e defendeu instalação de um escudo de defesa anti-mísseis na República Checa e na Polónia.

“Os EUA, país mais grandioso do mundo, acabaram de sair do acordo sobre o cessar-fogo, enquanto que Vladimir Putin instala sistema anti-mísseis na Síria. (…) A América deve criar zonas de segurança para que famílias, famílias vulneráveis com crianças possam deixar esses territórios [da Síria]. Nós devemos trabalhar com nossos parceiros de verdade em tempo real, agora mesmo, para realizar isso” – disse Pence em debate com seu rival, candidato à vice-presidência dos EUA pelo Partido Democrata, Tim Kane.

Pence indicou ainda que “o líder da Rússia dita condição aos EUA” na Síria.

“As provocações da Rússia devem ser recebidas com força pelos EUA. Se a Rússia quiser continuar seus ataques bárbaros contra civis em Aleppo, os EUA devem estar prontos para usar forças militares para atacar alvos militares do regime [do líder sírio Bashar] Assad” – disse o candidato republicano.

“Nós também devemos instalar o escudo de defesa anti-mísseis na República Checa e na Polónia, do qual Barack Obama e [a candidata democrata à Presidência Hillary] Clinton abriram mão em 2009 para não magoar os russos” – acrescentou Pence.

A Rússia sempre declarou que todos seus ataques em território sírio são minuciosamente preparados para evitar vítimas entre civis. Além do que, acusações contra Moscou nesse sentido nunca chegaram a ser comprovadas, incluindo com relação ao recente ataque contra um comboio humanitário em Aleppo.

Até hoje, e diferente de Hillary Clinton, o candidato republicano à Presidência dos EUA, bilionário Donald Trump, tem apoiado a cooperação com a Rússia na luta contra o terrorismo, inclusive na Síria. (Sputnik)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA