Trump KO? Mercados ‘entregam’ presidência dos EUA a Hillary Clinton

Donald Trump (Getty Images)

Ao segundo debate, os analistas financeiros parecem não ter dúvidas: a candidata democrata deverá ser a vencedora da corrida à Casa Branca.

Ainda falta praticamente um mês para o fatídico dia 8 de novembro, mas para os mercados, as eleições norte-americanas parecem já estar decididas.

Algumas horas após o animado segundo debate entre Hillary Clinton e Donald Trump, a derrota do excêntrico multimilionário é vista como inevitável. Em apenas duas semanas, Trump gastou quase todo o crédito entre os eleitores mais indecisos, graças a declarações bizarras sobre os doentes terminais e a uma cassete antiga revelada no fim da semana passada em que admitia ter molestado mulheres.

A prestação no debate de ontem não serviu para descansar os eleitores mais preocupados e com o próprio partido republicano a pedir a desistência do candidato, os mercados parecem não ter dúvidas sobre o colapso eminente da campanha.

O peso mexicano, visto como o grande barómetro do sucesso de Trump, está a acumular ganhos na sessão de hoje, a bolsa chinesa conseguiu ganhar bastante valor durante a madrugada e as bolsas europeias acordaram otimistas com a possibilidade de Hillary Clinton vencer a corrida à Casa Branca. O dólar está também a ganhar força apesar do contexto de baixas taxas de juro, mais um sinal da confiança numa vitória democrata em novembro. (Noticias ao Minuto)

por Bruno Mourão

DEIXE UMA RESPOSTA