Theresa May: uma mestre do ‘discurso vazio’ ao falar sobre o Brexit

Theresa May (Afp)

A primeira-ministra britânica, Theresa May, é considerada tão magistral na arte do discurso político vazio que um especialista no tema teve que inventar uma nova categoria exclusivamente para ela, em um estudo sobre o assunto.

Peter Bull, pesquisador de psicologia na Universidade de York, admite que Theresa May enfrenta o faraónico e complicado processo do “Brexit”, mas as respostas mediáticas da primeira-ministra alcançam os mais altos patamares na arte da linguagem evasiva.

“O caso de Theresa May é particularmente interessante (…) Suas respostas são educadas e conectadas com a substância da pergunta, mas não proporcionam a informação solicitada”, constata Bull em declarações à revista on-line The Conversation.

O universitário se concentrou na primeira grande entrevista de Theresa May – primeira-ministra desde Julho – à BBC, na qual, segundo seus cálculos, respondeu de forma explícita a somente 14% das perguntas.

Está muito abaixo da média geral, calculada sobre 33 entrevistas de outros líderes políticos, e que deu um resultado de 46%.

May se destaca tanto no discurso vazio que Peter Bull, que até então havia registado 35 técnicas de respostas diferentes nos políticos, criou uma nova categoria para ela: “não responde detalhadamente a uma pergunta detalhada”.

Tudo isso reflecte as críticas existentes no Reino Unido sobre a falta de clareza de May sobre sua estratégia para o Brexit, após o voto favorável a uma saída do país da União Europeia (UE). (Afp)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA