TAAG “proíbe” uso de Galaxy Note 7 e S7 a bordo

Coreia do Sul: Samsung Galaxy Note 7 (Foto: JUNG YEON-JE)

A TAAG, Linhas Aéreas de Angola, desaconselha a utilização, a bordo das suas aeronaves, dos telefones Samsung S7 Edge e Galaxy Note 7, no âmbito das recomendações de Sefaty (Segurança Operacional) e com base na identificação do perigo e dos riscos associados ao transporte e uso dos referidos aparelhos.

O comunicado de imprensa da companhia angolana de bandeira surge na sequência das advertências feitas pelo regulador norte-americano Federal Aviation Administration e pelo europeu Eurepean Aviation Safety Agency, relativamente a este equipamento.

“A TAAG comunica aos seus passageiros e publico em geral, a não utilizarem os referidos aparelhos a bordo dos seus aviões, devendo mantê-los desligados durante todo o voo”, lê-se no documento.

Desaconselha, igualmente, o carregamento do telemóvel a bordo, seja através de um carregador portátil ou por via das tomadas USB disponíveis nos aviões, assim como o transporte do Samsung Note 7 na bagagem de porão.

Estas medidas surgem na sequência de uma anomalia técnica verificada no fabrico deste tipo de telemóveis.

Outras companhias aéreas já adoptaram as mesmas medidas de segurança. As autoridades americanas proibiram a entrada dos telefones nos aviões e alertaram que, aqueles que tentarem viajar com o aparelho, estarão sujeitos a multas e confisco.

A produção do Galaxy Note 7 foi suspensa pelo fabricante sul-coreano, dois meses depois do seu lançamento, devido a defeitos susceptíveis de provocar a explosão do produto, tendo pedido aos milhões de usuários que compraram o aparelho, que o desliguem como medida de segurança. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA