Suspeito dos crimes de Aguiar da Beira faz novo assalto em Arouca

Aguiar da Beira: fugitivo pode, afinal, estar em Portugal (Tvi24)

Pedro Dias agrediu uma mulher de 50 anos e um homem de 71 anos antes de fugir num carro roubado. GNR colocou toda a zona norte em alerta para tentar localizar o suspeito.

Pedro Dias foi surpreendido, este domingo ao início da tarde, numa casa em Moldes, Arouca. Segundo a TVI24 conseguiu apurar no local, o suspeito dos crimes de Aguiar da Beira terá invadido a casa de uma mulher, de cerca de 50 anos, durante a sua ausência e foi surpreendido pela proprietária no seu regresso a casa.

Ao deparar-se com o fugitivo, a mulher – que divide a sua vida entre o Porto e Arouca – gritou a pedir ajuda e um vizinho, de 71 anos, entrou na habitação para tentar ajudar, tendo ambos sido agredidos por Pedro Dias e amarrados a uma cama.

De acordo com o tenente-coronel Vendas Alves da GNR de Aveiro, em declarações à TVI24, Pedro Dias colocou-se então em fuga num carro furtado à dona da casa, um Opel Astra branco.

Todas as opções estão em aberto, mas há fortes suspeitas que seja o mesmo indivíduo que anda a monte”, afirmou a mesma fonte.

O alerta foi dado pelo filho do homem que estranhou a demora deste em aparecer para o almoço de domingo. Depois de dar o alerta para o seu desaparecimento, a GNR deslocou-se à casa e encontrou o “casal amarrado”.

As duas vítimas relataram depois às autoridades que se tinham deparado com Pedro Dias dentro da casa e levado o carro. A invasão terá acontecido “entre as 13:00 e as 15:30”. (Tvi24)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA