Suíça: Parlamentares reatam trabalhos da Assembleia-Geral da UIP

Suíça: Presidente da Assembleia Nacional, Fernando da Piedade Dias dos Santos, na sessão da abertura da Assembleia-Geral da UIP (Foto: Pedro Parente)

Os trabalhos em torno da 135ª Assembleia-Geral da União Inter-parlamentar (UIP), aberta na segunda-feira, em Genebra, Suíça, reataram hoje com a abordagem de diversos conteúdos constantes da agenda.

A delegação angolana ao certame, chefiada pelo presidente da Assembleia Nacional, Fernando da Piedade Dias dos Santos, desdobra-se em reuniões temáticas através das distintas comissões de trabalhos especializadas.

O deputado Yaba Alberto participa na comissão que está a versar sobre a Democracia e Direitos Humanos e a discutir o projecto de resolução que garante uma maior participação mais efectiva da mulher nos parlamentos e nas instituições públicas.

Em declarações à imprensa, o parlamentar disse ser consenso de que a participação feminina nas instituições tem evoluído nos últimos anos.

Todavia, admitiram existir ainda várias barreiras culturais, económicas e ambientais que impedem a efectiva participação da mulher nos processos político, económico e social, situação que os parlamentos locais terão de inverter nos próximos tempo.

Relativamente a Angola, Yaba Alberto observou que a situação é positiva, em relação a outros países, na medida em que a participação feminina no Parlamento angolano é de 37 porcento, perente a quota de 30 porcento, estabelecida pela UIP.

“Nós podemos considerar que Angola está bem representada em termos femininos, uma vez que existem países cuja base é religiosa onde a participação da mulher ainda é bastante reduzida”, afirmou.

Integram a comitiva angolana, os deputados Yaba Alberto, Exalgina Gambôa, Idalina Valente, Larissa José, Carolina Elias (MPLA), Raúl Danda (UNITA), Lindo Bernardo Tito (CASA-CE), e o secretário-geral da Assembleia Nacional, Pedro Agostinho de Neri. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA