Síria: Rússia disposta a garantir retirada “segura” dos rebeldes de Alepo

(Euronews)

Fortemente criticada pela participação na campanha intensiva de bombardeamentos sobre Alepo, a Rússia diz-se disposta a garantir aos rebeldes uma retirada “em segurança” das partes que ocupam na segunda cidade da Síria.

Principal frente do conflito, Alepo é alvo, desde há três semanas, de uma vasta ofensiva das forças do regime de Bashar al-Assad, apoiadas pela aviação russa, para reconquistar os bairros detidos pela rebelião desde 2012.

Os raides aéreos mataram mais de 370 pessoas – na maioria civis – desde 22 de setembro, segundo o Observatório Sírio dos Direitos Humanos. O organismo disse, esta quinta-feira, que os ataques rebeldes contra as áreas controladas pelo regime também fizeram vítimas entre os civis, nomeadamente quatro crianças, que perderam a vida quando um projétil caiu perto de uma escola na parte ocidental de Alepo. (Euronews)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA