Presidente nigeriano criticado pela esposa em entrevista polémica

(Euronews)

De visita à Alemanha, o presidente da Nigéria, responde a perguntas sobre críticas da sua esposa. Aisha Buhari criticou o marido numa entrevista polémica em que afirma que não o apoirá nas próximas eleições caso ele decida candidatar-se de novo.

Quando confrontado com as declarações da esposa o presidente Muhammadu Buhari, riu-se e respondeu: “Não sei a que partido a minha mulher pertence, mas o lugar dela é na minha cozinha e na minha sala”.

Buhari falava aos jornalistas ao lado da chanceler Angela Merkel que se riu da resposta do dirigente nigeriano.

A primeira dama afirmou que o marido não conhece a maioria das pessoas que ocupa cargos de topo no país e que os governantes se afastaram dos ideais do partido Congresso Progressista.

A mulher de Muhammadu Buhari foi uma das figuras de destaque na campanha do marido nas eleições de 2015, organizando vários encontros com grupos de mulheres e organizações de jovens pelo país.

Buhari foi eleito presidente da Nigéria pela quarta vez e ainda não anunciou se vai candidatar-se de novo em 2019.

O presidente tem sido criticado pela sua política económica que mergulhou o país na recessão no final de agosto após dois trimestres consecutivos de crescimento negativo marcado por ataques contra as instalações de petróleo, a queda dos preços do ouro negro, inflação galopante e historicamente baixos níveis de investimento estrangeiro. (Euronews)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA