Posse de novos ministros em São Tomé

Primeiro-ministro são tomense, Patrice Trovoada (DR)

Já estão em funções os três ministros estreantes do governo remodelado e empossado esta terça feira.
Tratam-se dos ministros dos negócios estrangeiros e comunidades, justiça, administração pública e direitos humanos, emprego e assuntos sociais – respectivamente o diplomata Urbino Botelho, a jurista Ilza Amado Vaz e o gestor da administração pública, Emílio Lima.

Outros três ministros empossados já exerciam funções desde a posse do décimo sexto governo em 2014. São Américo Ramos que, para além das finanças, exerce agora as funções de ministro do comércio e economia azul; Arlindo Ramos é o novo ministro da defesa, acumulando a pasta do interior, e Olinto Daio, que passa agora a ser o ministro para área da comunicação social, acumulando igualmente as funções de ministro da educação, ciência e cultura.

Os empossados juntam-se aos restantes membros que mantiveram inalteráveis em suas respectivas pastas, nomeadamente o ministro da presidência do conselho de ministros e assuntos parlamentares, Afonso Varela, ministro dos recursos naturais e ambiente, Carlos Vila Nova, ministro da agricultura e desenvolvimento rural, Teodorico Campos, ministra da saúde, Maria de Jesus Trovoada e Marcelino Sanches, ministro da juventude e desporto.
Patrice Trovoada já justificou a remodelação com a necessidade de ajustar o executivo aos novos desafios do país. (RFI)

DEIXE UMA RESPOSTA