Pedófilo suspeito apanhado junto a escola de Coimbra

Escola [Foto: Lusa]

Polícia Judiciária deteve pedreiro de 57 anos junto a escola do 1.º ciclo. Chamou as crianças, duas meninas de nove anos, e tê-las-á apalpado nos órgãos genitais.

A Polícia Judiciária anunciou a detenção de um homem de 57 anos. É suspeito do abuso sexual de duas meninas de nove anos, junto a uma escola do ensino básico de Coimbra.

Fonte da Diretoria do Centro da Polícia Judiciária disse à Agência Lusa que o homem “andava a rondar a escola”. Foi aí que consumou os crimes de que é suspeito, no final do mês de setembro.

Segundo a Judiciária, aproximou-se do gradeamento do recinto escolar durante um intervalo das aulas, chamou as meninas, atraindo-as para o pé de si, e tê-las-á apalpado nos órgãos genitais.

As crianças contaram o sucedido à professora e a direção do estabelecimento de ensino chamou as autoridades.

O homem, pedreiro de profissão e sem antecedentes criminais, viria a ser identificado. Foi detido na quarta-feira.

Presente a tribunal para primeiro interrogatório judicial, ficou obrigado a apresentações periódicas às autoridades e à proibição de frequentar locais onde se encontrem crianças, “nomeadamente escolas”, segundo fonte da Judiciária.

Houve aqui a preocupação com uma situação que causou algum alarme social junto da comunidade escolar e de encarregados de educação”, acrescentou a Polícia Judiciária, aludindo à identificação e detenção do suspeito e às medidas de coação. (Tvi24)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA