Mulheres devem fazer auto-exame da mama para prevenção

Mullheres aconselhadas ao auto-exame (Foto: Rosário dos Santos)

As mulheres em idade fértil devem procurar fazer o auto-exame da mama uma vez por mês, três a cinco dias após o aparecimento da menstruação, no sentido de identificarem rapidamente qualquer anomalia, exortou hoje, quarta-feira, em Luanda, o médico de ginecologia e obstetrícia Francisco Quinto.

O conselho foi feito durante uma palestra sobre “Prevenção do cancro da mama”, no âmbito das comemorações de mais um ano da existência do Ministério do Interior.

Segundo o especialista, a prevenção é a chave primordial para evitar a sua evolução, e isso passa pelo auto-exame que as mulheres devem faze-lo periodicamente.

Explicou que o auto-exame pode ser feito diante do espelho e com os braços ao longo do corpo, a mulher pode comparar se há modificações do contorno dos seios.

De igual modo, de pé, de preferência durante o banho, aconselha o deslize das mãos sobre as mamas da direita a esquerda e vice-versa, bem como deitada com uma almofada por baixo do ombro também serve para verificar se padece ou não dessa enfermidade.

Acrescentou que desta forma, a pessoa poderá notar os sinais e sintomas a serem comunicados ao médico, tais como dor, palpação de um caroço, saída de líquido no mamilo, alteração na pele e palpação de módulos axilares, vulgo íngua.

Quanto a contracção da doença, disse que pode ser adquirida através de alimentação excessiva de produtos industrializados ou hereditária, isto é de pais para filhos, o desmame precoce, menopausa, terapia hormonal, substancia química, consumo excessivo de álcool, entre outros.

De acordo com o médico, a falta de conhecimento faz com que muitas mulheres tenham um diagnóstico tardio, quando por um toque simples podia ser evitado.

“Deste modo as pessoas a partir dos 20 anos e depois dos 40 devem fazer o auto-exame para se poder detectar qualquer sinal de alerta, pois, se for detectado cedo, terá a oportunidade de cura”, assegurou.

Explicou que o cancro da mama é um tumor mais comum entre as mulheres, em noventa porcento, embora também se desenvolva nos homens. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA