Militantes do MPLA instados a sensibilizar população para registo eleitoral

Luísa Damião - Encabeça comitiva parlamentar (Foto: ANGOP/ARQUIVO)

Os militantes do MPLA no município do Soyo foram instados, sexta-feira, a sensibilizar os potenciais eleitores para a sua participação massiva nos postos de atualização dos dados eleitorais, tendo em vista as eleições gerais previstas para 2017.

O repto foi lançado pela coordenadora do grupo de acompanhamento da bancada parlamentar do MPLA para a província do Zaire, Luísa Damião, durante um encontro com os militantes do seu partido.

Lembrou que o registo eleitoral é um dever cívico e patriótico dos cidadãos nacionais, maiores de 18 anos de idade, pois habilita a participação de todos no próximo escrutínio.

Luísa Damião referiu que os militantes do MPLA não podem esperar o último dia para exercer o seu direito, frisando que os seus correlegionários devem ser os primeiros a cumprir com este dever de cidadania.

“Neste momento decorre a actualização dos dados eleitorais ou prova de vida, para depois o registo eleitoral propriamente dito para aqueles cidadãos que completarão 18 anos de idade antes das eleições”, lembrou.

Apelou aos seus militantes a redobrarem as acções de sensibilização da população para a sua aderência ao processo.

“Todos os cidadãos com idade eleitoral devem proceder a actualização do seu registo a fim de constarem na base de dados para que possam, em 2017, exercer o seu direito de voto e contribuir para o desenvolvimento da jovem democracia”, reforçou.

Luía Damião chefia uma comitiva parlamentar integrada por cinco deputados da sua bancada, que desde segunda-feira trabalha na província do Zaire para se inteirar da vida política, social e económica da região. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA