Mais de 12 mil sobas inseridos em aulas de alfabetização no país

Encontro de sobas (Foto: José Filipe)

Mais de 12 mil autoridades tradicionais, entre sobas, regedores, reis e rainhas, frequentam aulas de Alfabetização e Aceleração Escolar (PAAE) ministradas pelo Ministério da Educação, no país.

A informação foi revelada hoje, sexta-feira, à Angop, no Lubango, pelo presidente da Associação Angolana de Autoridades Tradicionais (ASSAT), Virgílio Mendes Jorge, durante um encontro com as autoridades tradicionais locais para a implantação da sua representação nesta província.

O responsável afirmou que o grupo alvo está a aprender matérias ligadas aos módulos I, II e III, respectivamente, com o objectivo de saberem ler e escrever, já que lidando com pessoas não podem estar dissociados da educação.

Virgílio Mendes Jorge sublinhou que a associação está a fazer um levantamento de outros sobas de um modo geral para estarem inseridos nas aulas de alfabetização e do método “Sim eu Posso” a partir do próximo ano.

“Estamos a trabalhar com afinco com as administrações locais no sentido de se atingir até as áreas mais recônditas, ajudando os sobas a ler a escrever”, disse.

A Associação Angolana de Autoridades Tradicionais controla, actualmente, mais de 41 mil e 900 membros ao nível do país. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA