Juliana Silva eleita Miss Angola EUA 2017

MISS ANGOLA EUA 2017 recebe carinho de todos (Foto: cedida a Angop)

A estudante de engenharia electrónica da Universidade do Texas, de 20 anos de idade, Juliana Silva, foi eleita Miss Angola EUA 2017, numa cerimónia realizada sexta-feira, no auditório da Howard University em D.C.

A jovem é membro de uma organização com fins não-lucrativos, Team God, cujo objectivo, entre outros, é a construção de um posto médico no município do Golungo Alto, na província do Cuanza Norte.

De entre as actividades de arrecadação de fundos para a organização, o grupo de jovens do Team God realizou em Angola shows de música gospel, informou Juliana Silva, incentivando todos a contribuir para a implementação do projecto de um posto médico no Golungo Alto.

Organizado pela Associação Comunitária Kudissanga, o evento contou com o patrocínio da Embaixada de Angola nos EUA, Câmara do Comércio EUA-Angola, Howard University, Eonis Media, Hamad-Investimentos, entre outras empresas.

As participantes nesta edição do concurso Miss Angola nos EUA dominaram a passarelle em trajes tradicional, fatos de banho e de noite.

Com sete candidatas, todas estudantes angolanas nos EUA, representaram os Estados do Texas, Massachutsetts (Boston), Chicago (Illinois), New England e Maryland (Baltimore).

Juliana Silva, que vai participar no próximo Concurso Miss Angola na capital do país, recebeu a corôa da sua predecessora Michaela Pinto, Miss Angola EUA 2015.

Honrou o evento com a sua presença, Agostinho Tavares, embaixador de Angola nos EUA, que se fez acompanhar da embaixatriz Prudência da Silva, que felicitaram as concorrentes eleitas.

Na oportunidade, o diplomata angolano felicitou os organizadores do concurso, enfantizando que “além da oportunidade de se mostrar a beleza da mulher de Angola, o mesmo serve para a divulgação da cultura angolana nos EUA.

Anaisa Falgueira, de 23 anos de idade, foi eleita primeira dama de honor. A segunda dama de honor é Sheryl St. Michel.

O evento contou com a animação do músico angolano Kyaku Kyadaff.

De entre os convidados destaca-se a presença do embaixador de Angola junto da Missão Permanente de Angola na ONU, Ismael Martins, assim como diplomatas seniores em missão em Washington. (Angop)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA