«Isto é um jogador à Porto» – Nuno Espírito Santo

(Foto: VITOR GARCEZ/ASF )

Na conferência de imprensa após a vitória do FC Porto sobre o Arouca, Nuno Espírito Santo fez questão de afirmar que não existe uma equipa base.

«A base na realidade não existe, é evolutiva, é dinâmica. Entra um jogador e sai outro», disse o treinador.

«Quem fez o jogo hoje, podem não ser os mesmos de amanhã. A grande base é a atitude. Como é que chegamos à atitude? Estamos no caminho certo para lá chegar», explicou Espírito Santo.

Nuno Espírito Santos estava satisfeito com a vitória e que a equipa pretende continuar o ciclo de vitórias que tem tido.

«Foi um bom resultado, uma vitória que não deixa qualquer dúvida. Neste momento a classificação não é determinante, queremos somar pontos e é isso que é fundamental para nós. Viemos de um ciclo complicado e conseguimos fechá-lo com uma vitória», afirmou o treinador do FC Porto.

Questionado pelo aumento do número de golos nos últimos jogos, Nuno Espírito Santo fez questão de explicar que isso se deve ao trabalho realizado e que está assente em três pilares.

«Deve-se essencialmente à determinação dos jogadores, no seu trabalho. O facto de termos aumentado a nossa produção e eficácia deve-se aos jogadores», disse.

«O que queremos construir assenta em três pilares desde o primeiro dia. Compromisso, cooperação e comunicação. Se a isso somarmos a união, a determinação, teremos a atitude e dessa forma temos a base do que é jogar à Porto», concluiu Nuno Espírito Santo. (abola)

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA